Saúde

Remédios usados por Paulinha podem ter causado lesão renal

Cantora da banda Calcinha Preta está em coma e com problema neurológico grave

Internada em coma desde a última quinta-feira, 17, a cantora Paulinha Abelha, vocalista da banda Calcinha Preta, pode ter chegado ao estado grave de problemas renais por causa dos remédios utilizados por ela. A hipótese é considerada pela equipe médica que investiga o caso da artista, mas ainda não há um diagnóstico positivo.

 

Na última terça-feira, 22, os médicos que acompanham a cantora fizeram uma coletiva e explicaram que alguma substância que está circulando no corpo da paciente está causando “uma cascata de inflamações ou lesões ou de lesões nesses órgãos” e que há a hipótese de que a paciente tenha uma lesão decorrente dos tratamentos e medicamentos usados.

 

“Quando se fala em quadro de síndrome tóxicometabólica é porque tem alguma substância circulando no corpo da paciente que deve estar gerando uma cascata de lesões nos órgãos. Qualquer substância – seja prescrita ou não -, medicamento é droga. Mas quando Paula o fez, foi de caráter supervisionado. A gente trabalha, sim, com a possibilidade de alguma intoxicação de medicamentos, existem exames em andamento, iremos confirmar ou negar. Nesse momento essa resposta nós não temos”, explicou a equipe.

 

“A gente trabalha com proximidade de uma lesão renal aguda. Muitos pacientes se recuperam em situações assim, outros podem desenvolver um caso mais crônico e necessitar de terapia renal substituída. Nesse momento, substituímos pela hemodiálise”, disseram.

Paulinha não será transferida para São Paulo, como era o desejo da família da artista. Segundo os médicos, o Hospital Primavera, onde ela segue internada em Aracaju (SE), tem todos os equipamentos necessários que ela precisa por enquanto.

Crédito Jornal Atarde

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlocker Detectado

Por favor desative seu Ad Blocker ou nos adicione como exceção.