Notícias

Por 5G, famílias de baixa renda podem pedir troca de antena parabólica

Ativação do 5G deve causar interferências na transmissão de imagens. Inscritos no CadÚnico têm direito a kit e instalação de antena digital

Pessoas de baixa renda que possuem antena parabólica tradicional e são beneficiárias de programas sociais do governo federal poderão solicitar a troca gratuita para o equipamento digital. A mudança será necessária após a ativação do 5G no país.

A nova frequência deve afetar a transmissão de imagens em aparelhos de televisão, causando chuviscos, congelamento e, em alguns casos, até a interrupção permanente do sinal. Isso ocorre porque a nova tecnologia opera na mesma frequência do sinal de TV aberta da parabólica tradicional, a chamada Banda C, de 3,5 GHz.

A Siga Antenado, instituição não governamental, foi criada por determinação da Anatel para auxiliar a população na migração do sinal de TV. Basta entrar em contato por meio dos canais de atendimento e informar o CPF ou o Número de Identificação Social (NIS). Além de disponibilizar o kit, a entidade faz a instalação gratuita do receptor.

Para tirar dúvidas sobre a migração ou verificar se tem direito ao kit gratuito, basta ligar no: 0800 729 2404

Credito G1

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlocker Detectado

Por favor desative seu Ad Blocker ou nos adicione como exceção.