Esporte

Árbitro registra em súmula que foi ameaçado por presidente do Atlético-BA: ”Você merece morrer’

Esta não é a primeira vez que Albino Leite está envolvido em polêmicas do tipo

O Atlético de Alagoinhas foi derrotado pelo Ceará pelo placar de 1 a 0 na tarde do último sábado (19), no Carneirão, pela Copa do Nordeste. Na súmula, o árbitro Tiago Nascimento dos Santos registrou ameaças do presidente do Carcará, Albino Leite, após o fim do jogo.

Segundo o juíz, o dirigente o atacou verbalmente e desferiu ameaças enquanto era contido pelo assistente número um, Francisco Chaves Bezerra. Além disso, começou a bater no portão do vestiário de arbitragem, proferindo mais ameaças.

 

Esta não é a primeira vez que Albino Leite está envolvido em polêmicas do tipo. Em 2011, na vitória contra o Bahia por 1 a 0 pelo Campeonato Baiano, o presidente foi suspenso por 240 dias pelo Tribunal de Justiça Desportiva da Bahia (TJD/BA) após agredir fisicamente o assistente Alessandro Matos, que havia anulado um gol para sua equipe.

CONFIRA ABAIXO O REGISTRO FEITO PELO ÁRBITRO NA SÚMULA DO JOGO CONTRA O CEARÁ:

” Informo que após o término da partida, o presidente da equipe de Alagoinhas, o senhor Albino Leite, invadiu o vestiário da arbitragem e, de forma grosseira, ofensiva e ameaçadora, atingiu nossa honra e dignidade proferindo as seguintes palavras: ‘Você nos roubou, como não dar um pênalti desse, tem 10 caras lhe esperando lá fora para você apanhar. Você merece apanhar, você merece morrer filho da p***. Vou ficar lhe esperando lá fora’. Sendo contido pelo assistente número um, o senhor Francisco Chaves Bezerra Júnior. Após o ocorrido citado acima, o mesmo ficou batendo o portão do vestiário da arbitragem do lado de fora do estádio, em tom de ameaça, proferindo as seguintes palavras: ‘Estou lhe esperando aqui fora com os 10 caras seu filho da p***’ ”, registrou.

Crédito bocão News

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlocker Detectado

Por favor desative seu Ad Blocker ou nos adicione como exceção.