Esporte

SEM PATROCÍNIO! Caixa pede à dupla Ba-Vi retirada da sua logomarca, mas clubes mantêm

De acordo com informações do jornal Correio, Bahia e Vitória receberam uma carta nada amigável. A Caixa, patrocinadora master dos clubes, enviou no final do ano passado, um comunicado desautorizando a exibição da sua logomarca dos materiais de treino e de jogo das equipes na temporada 2019.

Mas por enquanto, ninguém obedeceu. Os clubes responderam à estatal que vão tirar a logo quando for conveniente, de acordo com a logística da troca dos materiais, para que não haja prejuízo com a confecção de novos uniformes só para este fim. O contrato de patrocínio com os clubes acabou em dezembro. Segundo a Caixa, a renovação está em análise, por isso solicitou a retirada até que haja definição.

Os clubes encaram o ‘aviso’ da Caixa de maneiras opostas. O Bahia entende que é algo recorrente: todos os anos a marca é mantida ‘de graça’ até que o contrato seja assinado e a estatal pague o retroativo. O tricolor entende que o banco manterá o patrocínio e busca negociá-lo. Já o Vitória entende que a Caixa não renovará com os clubes e já procura um novo parceiro.

Com a mudança no governo federal, a chance do banco abandonar o futebol é real. O presidente Jair Bolsonaro já se posicionou contra os patrocínios. Em 2018, a estatal gastou R$ 127,8 milhões em patrocínios a 25 times. Bahia e Vitória receberam R$ 6 milhões, cada. O Flamengo é o clube que mais embolsou, com R$ 25 milhões.

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia / Maurícia da Matta/EC Vitória

LEIA TAMBÉM;

Sedur inicia fiscalização da montagem de camarotes para carnaval

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios