União Notícias

Seis dicas para aproveitar o melhor das liquidações de janeiro

Para não errar e sair satisfeito com as compras do período, a diretora da TOP PEOPLE dá algumas dicas importantes

Passado o Natal, o varejo se prepara para a etapa seguinte às compras de final de ano. Para arrematar o estoque restante do período, entram em cena já nos primeiros dias do ano os anúncios de promoções e queimas de estoque no comércio. São as famosas “liquidações de janeiro”. Grandes redes de varejo organizam, inclusive, megaliquidações com o objetivo de atrair mais clientes. Se a semana anterior ao Ano Novo concentra basicamente trocas de presentes e se traduz em um momento para lojistas e consumidores organizarem estoque e orçamento, respectivamente, no período consecutivo, quem for às lojas deve enfrentar filas nos caixas.

 

E mesmo que a Black Friday tenha se apossado de boa parte da disposição do consumidor em detrimento do Natal e dos saldos de janeiro, pesquisas de mercado indicam previsão positiva no desempenho varejista para este mês. Para tirar o melhor proveito das liquidações e não gastar mais do que o necessário, Ádila Ribeiro Berretella, diretora da TOP PEOPLE, empresa especializada em trade marketing e recrutamento e seleção, sugere algumas orientações sobre os cuidados que devem ser tomados:

 

  • Ter um orçamento antes de ir às compras. As liquidações são ótimas, mas início de ano tem obrigações como IPVA, IPTU, material escolar etc;
  • Fazer a lista dos desejos de compras e deixar na carteira para quando encontrar os itens desejados não perder a oportunidade;
  • Pesquisar preços é fundamental para ter assertividade nas compras. O consumidor precisa ter parâmetros para saber se os descontos são reais;
  • Negociar condições de pagamento, além dos descontos já apresentados, pois é possível conseguir preços ainda melhores se as compras forem à vista;
  • Atenção às condições dos produtos que serão adquiridos, muitas revendas não trocam mercadorias de liquidação;
  • Usar a tecnologia a seu favor tendo em mãos um smartphone para auxiliar nas pesquisas na internet. A calculadora do aparelho também pode ser bem útil para o momento de fazer as contas.

Foto Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close