Educação

NOVIDADE! Rede municipal terá aulas virtuais

Na segunda-feira, terá início o programa de aulas virtuais destinadas aos alunos da rede municipal de ensino. A iniciativa da Secretaria Municipal de Educação (Smed), junto à empresa paulista Escola Mais Digital, abarcará os alunos do ensino fundamental II e a Educação de Jovens Adultos (EJA).

A medida tem caráter complementar e não avaliativo, portanto, sem prejuízo aos alunos sem acesso à internet. Para estes, um canal aberto de televisão está sendo pensado.

Para viabilizar o acesso, é necessário realizar cadastro no site. Pela manhã, das 8h às 12h20, as aulas serão com professores paulistas. No turno vespertino, os estudantes terão contato com os seus professores da rede municipal por meio de lives e grupos de discussão online. “Esse momento será destinado à realização de roteiros de estudos, revisão e esclarecimento de dúvidas”, explicou Bruno Barral, secretário da Educação.

O prefeito ACM Neto esclareceu que o conteúdo não será contabilizado como carga horária para cumprimento do ano letivo de 2020. De acordo com o secretário da Educação, pouco mais de 1.700 professores, coordenadores pedagógicos e diretores estão capacitados para o uso do sistema.

A Smed informou que todo o material será disponibilizado é alinhado à Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e declarou que, desde o último dia 27, atividades são distribuídas aos alunos pelo portal do órgão.

Num segundo momento, que deve ocorrer na primeira semana de junho, conteúdos devem ser disponibilizados em canal aberto de televisão. “Este terá uma possibilidade de abrangência muito maior. Quase todo mundo tem TV em casa. Estamos preparando uma estratégia pedagógica para que os alunos possam ter acesso”, concluiu Neto.

O prefeito informou que está em diálogo com a rede privada de educação para traçar um calendário que permita a compensação das aulas perdidas. “Não queremos que o aluno perca de ano. Haverá reposição das aulas com sacrifício do recessos e férias escolares”.

 

As informações são do A Tarde Online

LEIA MAIS;

Ministro da Saúde pede demissão do governo Bolsonaro

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.