Mundo

Putin ataca cidades da Ucrânia; Kiev fala em invasão total

Russo nega ocupação e diz mirar infraestrutura militar do vizinho, que pede ajuda ao Ocidente

Com bombardeios registrados em várias áreas da Ucrânia, a Rússia iníciou, na madrugada desta quinta-feira (24) ataques à Ucrânia. A operação militar foi autorizada pelo presidente russo Vladimir Putin, que disse, em mensagem, às forças ucranianas que deponham as armas e voltem para casa.

Pouco após o anúncio da invasão, os relatos na imprensa de sons de explosões e artilharia nas cidades ucranianas de Kharkiv e Kiev, entre outras começaram a surgir. Centros de comando militar nessas duas cidades foram atacados com mísseis, segundo afirmou uma fonte do Ministério do Interior a um site ucraniano. O aeroporto da capital foi esvaziado e teve os voos suspensos.

Já pela manhã, um assessor do Ministério do Interior da Ucrânia disse que um bombardeio deixou 1 morto e 1 ferido em Brovary, na região de Kiev. Um conselheiro do ministro do Interior ucraniano, Anton Gerashchenko, disse que tropas russas desembarcaram na cidade de Odessa e cruzam a fronteira na cidade de Kharkiv.

Em seu anúncio, o presidente russo ameaçou nações que venham a tentar interferir no conflito. “Quem tentar interferir, ou ainda mais, criar ameaças para o nosso país e nosso povo, deve saber que a resposta da Rússia será imediata e levará a consequências como nunca antes experimentado na história”, ameaçou. O presidente disse, ainda, que seus cidadãos precisam estar preparados para possíveis adaptações na rotina, já prevendo sanções mais severas por parte dos Estados Unidos e aliados. “Será necessário se adaptar às mudanças que podem acontecer”, afirmou.

 

LEIA MAIS;

Governo lança carteira nacional de identidade; veja como será o novo RG

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlocker Detectado

Por favor desative seu Ad Blocker ou nos adicione como exceção.