PoliticaSalvador

Projetos voltados para crianças e adolescentes receberão R$ 200 mil do Fundo Municipal

Cerca de 30 propostas serão contempladas e receberão investimento de R$ 200 mil, oriundos do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FMDCA).

Quase 70 projetos, com o objetivo de beneficiar crianças e adolescentes de Salvador, foram apresentados por 54 entidades registradas no Conselho Municipal dos Direitos e Adolescentes de Salvador (CMDCA), nesta terça-feira (21), de acordo com o Chamamento Público nº 3/2018. Cerca de 30 propostas serão contempladas e receberão investimento de R$ 200 mil, oriundos do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FMDCA).

Serão selecionados até três projetos de cada região administrativa atendida pelas Prefeituras-Bairro de Salvador. As propostas precisam atender a um dos nove eixos prioritários de atuação, definidos a partir de assembleia e do diagnóstico Projeto Vozes da Cidade, feito pelo CMDCA e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

Enfrentamento à violência, exploração sexual, crianças e adolescentes em situação de rua, atendimento socioeducativo em horário complementar ao da escola e preparação para o mundo do trabalho estão entre os eixos prioritários dos projetos apresentados.Para o presidente do CMDCA, Renildo Barbosa, é de fundamental importância o investimento em propostas que lutem pela garantia dos direitos dos jovens. “Através destes projetos, milhares de crianças e adolescentes serão beneficiadas com recursos oriundos de dedução no Imposto de Renda de pessoas e empresas. São famílias mais felizes em todas as regiões de Salvador”, destaca.

A secretária de Políticas para Mulheres e Juventude, Cristina Argiles, afirmou que esses projetos serão importantes no resgate de vidas.  “Ficamos muito felizes com o financiamento desses projetos. Esses recursos, bem planejados e executados, beneficiam crianças e adolescentes e chegam literalmente a salvar vidas”, opinou.

Cronograma – A Seleção se debruçará para as etapas eliminatória e classificatória, analisando os projetos até o resultado final, quando as entidades firmarão termo de fomento com a Prefeitura de Salvador, utilizando o recurso de R$ 6 milhões do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Pessoas físicas e jurídicas podem realizar doações dedutíveis do Imposto de Renda em valores, bens e serviços, através do FMDCA.

 

Redação: União Notícias

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.