cidadeNotícias

Policiais Civis da Bahia anunciam paralisação geral de três dias a partir de 25 de março

De acordo com sindicato, paralisação é em resposta à falta de diálogo do governo do Estado com a categoria

Os policiais civis da Bahia vão parar completamente as atividades nos dias 25, 26 e 27 de março, conforme decisão da Assembleia Geral Extraordinária realizada na manhã desta terça-feira (15). A reunião aconteceu na Praça da Piedade, no centro de Salvador.

 

De acordo com o secretário geral do Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (Sindpoc), Marcos Mauricio, a paralisação é uma resposta à falta de diálogo do governo do Estado com a categoria.

 

Um decisão judicial colocou fim à mobilização que os policiais civis vinham fazendo nas quintas-feiras, quando entravam em 24 horas de paralisação. A medida, no entanto, determinava que o Governo da Bahia comparecesse em reuniões no tribunal a cada 30 dias para conversar com a categoria, o que, segundo o sindicato, não foi cumprido.

 

A principal reivindicação feita durante os lockdowns da Segurança Pública e também agora durante a greve geral é a reestruturação da remuneração da categoria, que pede reajuste salarial. Além disso, os policiais civis cobram melhores condições de trabalho e da estrutura física para atender à população, e regulamentação de promoções atrasadas.

 

Na segunda-feira (14), mais de 300 delegados da Polícia Civil decidiram entregar os cargos e suspender as operações policiais por 30 dias.

Crédito metro1

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlocker Detectado

Por favor desative seu Ad Blocker ou nos adicione como exceção.