União Notícias

Opções para curtir o Dia dos Namorados sozinho ou com amigos

Evento só para os casais? Que nada! Confira opções listadas.

Não se sabe como, nem porquê, mas ficou convencionado, junto e devido a tantas outras convenções: dia 12 de junho é o Dia dos Namorados. Nada mais justificável, para os praticantes da data quase datada, comemorar na véspera do dia dedicado a Santo Antônio, o santo casamenteiro. São festas, shows, encontros, presentes de amor. E os solteiros? Festas, shows, encontros e presentes para eles também. Quer prova? Basta dar uma olhada no guia de eventos e comprovar: curtir a própria companhia é sempre o grande lance do seu dia.

 

Confira: 

 

Programação especial dos Largos do Pelourinho

 

Clima de São João nas ruas do Pelô (Foto: Arisson Marinho/ CORREIO)

Clima de São João nas ruas do Pelô (Foto: Arisson Marinho/ CORREIO)

Forró? Tem. Para dançar junto, separado, do jeito que quiser, tem festa junina no Pelourinho. O endereço é o Centro de Culturas Populares e Identitárias, na Casa 12, Largo do Pelourinho, e a festa é gratuita. Tudo começa às 17h30, com o Forró Fusaka, e segue até depois das 18h, com o Tríduo de Santo Antônio. Mas, sem obrigação nenhuma com o santo casamenteiro.

 

Sarau Memorial Troféu Caymmi

 

Também tem música no Rio Vermelho, no Sarau Memorial Troféu Caymmi, a partir das 20h. O Teatro Sesi receberá as cantoras Claudia Cunha, Manuella Rodrigues, Noeme Bastos, Tita Alves e Stella Maris para dar voz a músicas de Caymmi sobre personagens femininas. Esta será a segunda edição do evento, uma homenagem ao mestre da música popular. A meia do ingresso custa R$ 15 e a inteira R$ 30.

 

Fuxicos Futuros

 

No Corredor da Vitória, é possível conferir o “Fuxico Futuros”, apresentado pela artista Ana Dumas, a partir das 17h30. O evento, na Praça do Cacau do Goethe-Institut, traz o trabalho “No tablet da baiana tem: ideias, artes e mixagens de uma Ideas Jockey”, idealizado por Ana, em 2009. A intenção é compartilhar reflexões e registros acerca do século 21 por meio dos mais variados formados e linguagens. A escolha certa para refletir sobre temas contemporâneos, como resistência e luta feminista, em um dia de convenções. O melhor? É gratuito.

 

Arte de Passagem – Itinerância pela Arte Contemporânea da Bahia

Daniella Steele instiga o público a refletir e participar
(Foto: Umeru Bahia/Divulgação)

Outra oportunidade, antes de ir para o Goethe, é passar pelo Museu de Arte da Bahia (MAB), também na Vitória, para conferir um projeto inédito que une o trabalho de 10 artistas visuais de Salvador. A exposição está aberta ao público das 13h às 18h até o dia 7 de julho.

 

Violino no shopping

 

No shopping, também tem opção. O evento pode até ter sido pensado para os casais, mas todo e qualquer admirador de música clássica pode ir ao Shopping Paralela, a partir das 18h, conferir a apresentação dos violinistas Filipe Evans e José Borges. A apresentação dos músicos ocorrerá no Piso L2 e será aberto ao público gratuitamente.

 

Festival Varilux

Foto: Divulgação

Também é dia de cinema e uma opção pode ser o festival de filme francês Variluxde, que segue até o dia 20 de junho, em Salvador. A exibição de películas acontece nas salas de arte do Cine Paseo, na Pituba, e do Museu, no Corredor da Vitória, no Espaço Itaú Glauber Rocha, em frente à Praça Castro Alves, e no Cinépolis Bela Vista, no Cabula. Nesta terça-feira (12), são 12 produções em cartaz – apenas o Cinema do Museu não terá nenhuma sessão do Festival.

 

Destaque para dois filmes que descontroem o estereótipo do amor romântico: “De carona para o amor”, relato sobre a história de um conquistador que finge deficiência física e desenvolve uma relação justamente com uma pessoa com deficiência; “O Poder de Diane”, comédia que traz à tona a vida da jovem Diane e sua paixão por Fabrizio, enquanto carrega o filho de um casal de amigos gays.

Fonte: Correio da Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close