Saúde

Moradores dizem que posto de saúde funciona sem médico na Santa Cruz

Complicada a situação da Unidade Osvaldo Caldas Campos em Santa Cruz. Além de passa dezessete dias com a unidade fechada desde o episódio ocorrido no dia 10 de dezembro, no ano passado, quando supostos criminosos invadiram a unidade e fizeram funcionários reféns.  Moradores do  bairro da Santa Cruz protestaram na manhã desta quinta-feira (10), sobre a falta de médicos no posto de Saúde da Santa Cruz, localizada na Rua Doutor Armando Colavolpe. Populares que residem na comunidade solicitaram a presença da reportagem União Notícias e demais veículos de imprensa no local para relatar que, quem recorre à unidade, não consegue sequer atendimento de médico clínico, ginecologista, pediatra e a vacina para os animais domésticos (cães e gatos). Quem procura médico, bate com a cara na porta, desde a ultima segunda-feira (7), segundo reclamações dos moradores.

O profissional que atendia no Osvaldo Campos teria deixado a unidade de saúde após ocorrido do dia 10/12/18, de lá pra cá, sob alegação da Prefeitura de ter dificuldades para conseguir substituto, o posto funciona apenas com a equipe de enfermeiros, mas sem a presença do médico. O tão esperado substituto chegou a ser anunciado, através da equipe da Secretaria Municipal de Saúde de Salvador, mas de acordo com os moradores da área, por lá o médico até hoje não foi encontrado. Pacientes que precisam de atendimento são obrigados a procurar o antigo 5° Centro de Saúde, no Vale dos Barris, distante da Santa Cruz.

Redação União Notícias

Foto: Alexandre Almeida

LEIA MAIS;

BAIANÃO 2019: campeonato é lançado e terá árbitro de vídeo nas finais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar

Bloqueador de anúncios detectado

Por favor, nos apoie desativando o seu boqueador de anúncios! Agradecemos!