Comunidade

Marcha Negra em Legítima Defesa do Nordeste de Amaralina e contra o genocídio da juventude negra

Marcha contra o genocídio do povo negro ocorre em várias partes da cidade

Realizada na tarde de ontem (18), a 11ª Marcha Negra “Em Legitima Defesa”, reuniu integrantes de movimentos sociais, lideranças comunitárias, figuras políticas e o Movimento Reaja, que pediram a manutenção e o fortalecimento de políticas que promovam a igualdade racial e social.

Vivemos em um país onde, a cada 25 minutos, um jovem negro é morto de forma violenta e onde temos a terceira maior população carcerária do mundo. Mudam-se os senhores, as senzalas, os açoites, mas a exploração, a opressão e a negação ao direito ao futuro e a uma vida digna permanecem mais latentes do que nunca.

Marcha Negra em Legítima Defesa do Nordeste de Amaralina contra o genocídio da juventude negra 1

A marcha também protestou contra o genocídio da população negra do bairro do Nordeste de Amaralina, “a um mês atrás, aconteceu uma operação policial em nossa comunidade, 12 jovens foram assassinatos e até o momento nenhuma resposta da secretaria de justiça do estado da Bahia”, falou participante.

Marcha Negra em Legítima Defesa do Nordeste de Amaralina contra o genocídio da juventude negra 4

Na marcha, que percorreu as ruas da comunidade do Nordeste de Amaralina, até chegar ao largo da Mariquita, no bairro do Rio Vermelho, os participantes também entoaram gritos “Fora Temer e leve ACM”.

Redação União Notícias

Fotos Lázaro Assis

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios