Saúde

Líderes comunitários buscam solução para problemas no Posto de Saúde do bairro da Santa Cruz

O encontro serviu para os líderem externarem os anseios da comunidade

Representantes do bairro da Santa Cruz estiveram reunidos na tarde desta segunda-feira, 29, na Unidade Básica de Saúde, Osvaldo Caldas Campos do bairro da Santa Cruz, com a gestão da unidade. O encontro serviu para os líderes externarem os anseios da comunidade sobre o funcionamento do Posto de Saúde.

Os representantes da União Santa Cruz e da Associação da Nova República, Dona Vera (Nova República), Luiz  Damasceno (Nova República) e Adriano Santos (União Santa Cruz) destacaram os problemas que motivam reclamações dos usuários da Unidade de Saúde: Falta de álcool gel, sem diretor a 6 meses, falta de vagas para usuários que madrugam na fila de espera e, no dia da marcação não tem mais vagas, sem funcionários (recepcionista para orientar os pacientes e para macação) e falta de médicos: pediatra e ginecologista.

Segundo eles, cerca de 5 mil pessoas têm o atendimento prejudicado. O diretor da União, Adriano Santos, diz que a situação leva à sobrecarga na busca pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e, como os casos não são de urgência e emergência, há relatos de pacientes que o médico Doutor Hosana, que já tem 26 anos na casa, está prestes a sair por pressão de funcionário.”O povo que saber pra onde está indo as vagas?, muitos médicos saiaram da unidade por pressão de funcionário. A comunidade não pode ser prejudicada, esperamos uma atenção especial da secretaria municipal da saúde para esses fatos ocorridos na unidade de saúde”, comentou o diretor da União, Adriano Santos.

“Nossos anseios são dos usuários da Unidade de Saúde do bairro. Porém, a cada dia, estamos vendo a falta de atenção para unidade. Viemos fazer esse apelo ao prefeito, ao secretário municipal da saúde, para ver de perto as dificuldades que nós moradores enfrentamos para conseguir um atendimento digno no posto de saúde”, ressaltou a líder comunitária, Dona Vera.

“A gestão precisa reconhecer as dificuldades apresentadas por nós líderes, e precisam apresentar soluções de urgência para o melhor funcionamento da UBS da Santa Cruz. Que a gestão garanta os médicos para atuar na unidade, além de outros funcionarios. Estamos apresentando alguns dos problemas que sofremos há anos, mas tenho convicção que, com esse diálogo mais direto com gestores da unidade, vamos colher bons frutos”, avaliou Luiz Damasceno.

LEIA MAIS;

Governo confirma troca de comando em seis ministérios

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.