Politica

Kiki Bispo é confirmado como novo líder do governo na Câmara Municipal de Salvador

O vereador Kiki Bispo (União) substituirá Paulo Magalhães Jr. (União) na condução da liderança do governo na Câmara Municipal de Salvador (CMS). A troca foi anunciada nesta segunda-feira (16) pelo prefeito Bruno Reis (União), durante a entrevista coletiva que tornou pública uma série de mudanças no secretariado.

Kiki já ocupava a função de vice-líder desde abril, quando deixou o comando da Secretaria da Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre) e voltou para o Legislativo municipal. Na época, o retorno do político foi visto como um reforço para a bancada governista na Casa, que enfrentava derrotas e desgastes, sobretudo com a migração do então presidente da CMS, Geraldo Júnior (MDB), para o grupo opositor.

Ex-ocupante de cargos na gestão municipal, Bispo deve encontrar um cenário “mais amistoso” pela frente, considerando um acordo feito entre os líderes e que viabilizou a ascensão de Carlos Muniz (PTB) à presidência. Durante uma declaração recente, na Lavagem do Bonfim, o agora líder afirmou que a base do prefeito tem mantido bom diálogo com o novo chefe.

“A Câmara está em recesso, mas temos mantido um bom diálogo com o presidente Carlos Muniz. Todos sabem que existe um acordo, um aceno, para que a Câmara desse ano seja mais harmônica, diferente, que produza e responda os anseios da cidade de Salvador. E claro que no início dos trabalhos a gente está afunilando ocupar proporcionalmente as vagas nas comissões temáticas da Casa e que o prefeito possa indicar o seu líder do governo para que a gente possa fazer um excelente ano legislativo”, disse Kiki na ocasião.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.