Politica

Governos do PT fracassaram no combate à violência, diz ACM Neto em novo ataque a Rui

Provável candidato à sucessão estadual, democrata citou ataque com 6 mortos e 12 feridos no bairro do Uruguai

O ex-prefeito de Salvador e provável candidato ao Palácio de Ondina em 2022, ACM Neto, voltou a atacar gestão da segurança pública do governo Rui Costa (PT) diante de recentes episódios de violência na capital, a exemplo de assassinatos no Porto da Barra e do ataque com saldo de 6 mortos e 12 feridos durante uma festa do tipo paredão, no bairro do Uruguai. O caso ocorreu entre a noite de terça (12) e a madrugada de quarta-feira (13) em uma localidade conhecida como Pistão.

Procurada pelo Metro1, a assessoria do governador informou que ele não se manifestará acerca das declarações do ex-prefeito, para quem “os sucessivos governos do PT fracassaram no combate à violência”.

“O que aconteceu nesse último final de semana e nesse feriado, na Bahia, infelizmente, apenas comprova que a violência está tomando conta do nosso estado. Que a questão de segurança pública está fora do controle das nossas autoridades. Quando a gente olha aqui pra Salvador: homicídios do Porto da Barra até o Uruguai”, inicia ACM Neto em um vídeo divulgado em suas redes sociais.

Ao prosseguir com as críticas, o ex-prefeito cita dados que colocam a Bahia na dianteira entre os estados brasileiros que lideram o ranking de homicídios. “No interior não é diferente: Canarana, Conquista e outras cidades. Não é a toa que a Bahia é líder nacional: primeiro lugar do Brasil em número de homicídios. Enquanto, do ano passado pra cá, o número de homicídios no país caiu, na Bahia cresceu. Somente o nosso estado é responsável por 14% do número de homicídios. E eu pergunto: o que as autoridades estão fazendo?”, questionou.

O ex-prefeito afirmou que, durante viagens que tem feito pelo interior, passou a ouvir relatos de que a onda de violência é crescente até mesmo nas pequenas cidades. “Nós sabemos que hoje as pessoas se sentem inseguras andando nas ruas, seja nas grandes cidades ou mesmo nos pequenos municípios. Eu, que tenho rodado por toda a Bahia, tenho ouvido sempre, de prefeitos, de lideranças, dizendo o seguinte: ‘Olha, Neto, aqui, na minha cidade, pra cobrir o município todo e a zona rural, só tem um policial’. Então isso é um faz e contas”, afirmou.

Na gravação, o político soteropolitano também menciona os ataques a bancos, os quais, segundo dados do sindicato da categoria, já somam 41 somente neste ano. “E nós não estamos apenas nessa onda de violência em relação aos homicídios. Se a gente vai ver, por exemplo, sobre as agências bancárias, somente este ano 40 agências bancárias já foram atacadas em todo nosso estado. Isso é mais do que os episódios que aconteceram em 2019 e 2020 juntos. São muitas coisas: roubo de carro, roubo de apartamento em Salvador e no interior, enfim, são os bandidos tomando conta”, diz ACM Neto.

 

LEIA MAIS;

Preço da gasolina deve cair 8% após mudança na cobrança do ICMS, estima Arthur Lira

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.