Brasil

Governadores criticam Bolsonaro, falam em demissão de Mandetta e impeachment

Governadores criticaram o pronunciamento feito pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em rede nacional na noite desta terça-feira (24) e disseram que o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, perdeu legitimidade.

O presidente voltou a se referir ao coronavírus como “gripezinha”, disse que o isolamento é exagero, criticou os gestores que optaram por fechar escolas e culpou a imprensa pelo que chama de histeria.

Segundo o Ministério da Saúde, 46 pessoas morreram vítimas da doença e mais de 2.000 foram infectadas.

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), afirmou que a fala indica que “estamos sem direção”. “Desconectado da realidade, desconectado da ação do Ministério da Saúde, atrapalha o trabalho dos governadores e menospreza os efeitos da pandemia”, afirmou.

“Os governadores precisam se reunir, estamos sem coordenação. O ministro e os governadores de um lado e o presidente menosprezando a pandemia de outro”, disse.

O discurso, segundo o governador, desautoriza o trabalho do ministro Mandetta. “O ministro não tem legitimidade para permanecer mais no ministério”, disse.

Flávio Dino (PC do B), governador do Maranhão, avalia que Bolsonaro “viu que perdeu a governabilidade”. “Ele mesmo deflagrou o seu próprio processo de impeachment. Está completamente fora da realidade”, afirmou.

 

Fonte: Varela Noticias

 

VEJA MAIS;HGE deixará de receber pacientes do Covid-19 e só atenderá casos graves

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.