PoliticaSalvador

Familiares, autoridades e amigos se despedem de Edson do Sindilimp

Estiveram presentes na cerimônia de despedida amigos, autoridades e familiares

O corpo do sindicalista Edson Conceição, de 49 anos, foi sepultado na tarde desta sexta-feira (8) no Cemitério Bosque da Paz em Salvador. Estiveram presentes na cerimônia de despedida amigos, autoridades e familiares.

O sindicalista, morreu às 23h45 desta quinta-feira (7), em decorrência de um AVC (acidente vascular cerebral). Edson do Sindilimp, como era conhecido, estava internado desde a última quarta-feira (6) na UPA da San Martin e não foi possível reverter o quadro no hospital do Subúrbio em Salvador.

Edson Conceição era membro das diretorias do Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza Intermunicipal (Sindilimp-BA) e da Central Única dos Trabalhadores (CUT-BA). Boa parte da vida de Edson, foi dedicada a militância e a luta pelos direitos dos negros e negra e dos trabalhadores e trabalhadoras. Companheiro incansável de luta, Edson Conceição deixa seu legado no movimento sindical, onde lutou de forma exemplar pela conscientização de uma sociedade mais igualitária e pelo respeito aos direitos conquistados pela classe trabalhadora.

Foto: Alexandre Almeida

“Este é um momento de dor e despedida do nosso diretor, Edson Conceição, mas para sempre ele viverá em nossos corações e principalmente, em nossas memórias da pessoa maravilhosa que ele foi em vida. #Edsonpresente”, disse a coordenadora do Sindilimp-BA, Ana Angélica Rabello.

O deputado federal Nelson Pelegrino (PT), afirmou que a morte de Edson representa uma grande perda para os movimentos sindicais.

“Eu conheço Edson a mais de trinta anos e tive em muitas aventuras com Edson, nos momentos de caos, nas lutas geral e do sindilimp, e vim aqui prestar a minha ultima homenagem a esse grande companheiro. O movimento sindical perde um grande lutador”, ressaltou

O deputado Valmir Assunção (PT), destacou algumas das virtudes de Edson.

“Edson sempre foi um guerreiro, esteve a sua trajetória de vida constantemente no sindilimp, mas muito solidários com todas outras organizações. Eu que sou do ‘movimento sem terra’, na primeira caminhada que nós fizemos, Edson estava junto conosco caminhando e ajudando na luta da reforma agrária. Essas eram, as virtudes de Edson; companheiro, amigo, solidário e trabalhador”, destacou Valmir.

Fotos: Alexandre Almeida

LEIA TAMBÉM;

[DIA INTERNACIONAL DAS MULHERES] Síndrome da Mulher Maravilha – O que é?

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar

Bloqueador de anúncios detectado

Por favor, nos apoie desativando o seu boqueador de anúncios! Agradecemos!