Politica

Bahia, Pernambuco e Rio Grande do Norte podem ficar de fora da reforma da Previdência

Caso a Câmara dos Deputados aprove, os servidores públicos da Bahia, Pernambuco e Rio Grande do Norte poderão ficar de fora da reforma da Previdência. Uma emenda do texto quer que as medidas tenham efeito imediato somente para estados mais endividados.

Oposição ao presidente Jair Bolsonaro (PSL), os três estados têm a situação fiscal mais sólida que as demais unidades da federação, conforme destacou o jornal Folha de S. Paulo.

A sugestão para tal exclusão foi elaborada por especialistas em Previdência e apresentada a técnicos do governo e ao relator da proposta, Samuel Moreira (PSDB-SP), que passou a ter forte preferência pela emenda. Caso seja confirmada, a reforma teria validade para São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Goiás, os estados da região Sul, Acre e Alagoas.

Ainda segundo a Folha, o critério para a linha de corte prevê que as novas regras para aposentadorias de servidores tenham efeito imediato quando a dívida consolidada estadual for igual ou superior a 70% em relação à receita corrente líquida, apurada no ano de 2017.

LEIA MAIS;

É da Santa Cruz! Elaine Xavier Conquista o 2º lugar do concurso ‘Musa do BaVi Plus Size 2019’

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.