Politica

Após STJ reduzir pena no caso tríplex, Lula poderá deixar a prisão em setembro

Após a decisão, por unânimidade do Superior Tribunal de Justiça  ( STJ ) de reduzir a pena do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de 12 anos e um mês para 8 anos, dez meses e vinte dias no caso do tríplex do Guarujá. O petista poderá deixar a cadeia em setembro deste ano. O julgamento ocorreu nesta terça-feira (23).

O relator do caso Félix Fischer, os ministros Jorge Mussi, Marcelo Navarro Ribeiro Dantas e o presidente da Quinta Turma, Reynaldo Soares, fixaram a mesma pena para Lula.

Com isso, o ex-presidente poderá ter direito ao regime semiaberto ou à prisão domiciliar em setembro deste ano. O petista está preso desde 6 de abril do ano passado na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba.

Entretanto, como ainda responde a outros processos, o ex-presidente pode sofrer novas condenações que o mantenham na prisão ou, caso tenha direito ao benefício, façam-no voltar para prisão.

 

Foto: Ricardo Stuckert Filho / Reuters

 

As informações são do RadarBahia

 

LEIA MAIS:

CCJ aprova parecer a favor da reforma da Previdência; texto segue para comissão especial

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios