Bahia

ALAGOINHAS: motorista do Samu envolvido em acidente que matou jovem é afastado

O motorista que conduziu a viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que acabou matando o jovem Paulo da Silva Santos Neto, de 20 anos, em Alagoinhas foi afastado por tempo indeterminado de seus serviços para apoio psicológico.

O acidente ocorreu nesta segunda-feira (22) de manhã. De acordo com uma nota de esclarecimento da Secretaria Municipal de Saúde de Alagoinhas, procedimentos de reanimação foram realizados durante mais de duas horas, mas o jovem não aguentou.

“O condutor envolvido relatou que tomou medidas de segurança, estava com sinalizadores e sirene ligados, além de estar com velocidade reduzida ao passar pelo cruzamento, como estabelecido no artigo 29 inciso VII do Código de Trânsito Brasileiro. Não se ausentou de prestar atendimento, solicitou apoio e depôs aos órgãos de segurança. O mesmo está no serviço desde 2017 e não possui em seu retrospecto algo que fale contra sua condução e capacidade técnica, mesmo assim encontra-se muito abalado com a situação e não exercerá suas funções por tempo indeterminado para apoio psicológico”, diz a nota da Secretaria Municipal de Saúde do município.

Durante a ação, a central de regulação médica foi acionada para enviar apoio da Unidade de Suporte Avançado, que também agiu na tentativa de salvar Paulo.

O CASO

Paulo da Silva Santos Neto de 20 anos morreu nesta segunda-feira (22) após a motocicleta em que ele estava ser atingida por uma ambulância do Samu, em Alagoinhas.

De acordo com a prefeitura de Alagoinhas, a viatura estava em direção ao bairro de Santa Terezinha para atender uma urgência e seguiu “protocolos de rotina, com giroflex e sirene acionados”.

Foto: Reprodução

As informações são do RadarBahia

LEIA MAIS;

Após STJ reduzir pena no caso tríplex, Lula poderá deixar a prisão em setembro

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios