Bahia

Alerta Celular promete auxiliar polícia na recuperação de smartphones roubados

A Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) lançou na manhã desta terça-feira (11) o Alerta Celular, serviço que promete auxiliar a polícia na recuperação e devolução de smartphones roubados, além de dificultar a revenda de aparelhos furtados. “Se as pessoas colaborarem e cadastrarem no sistema, vai diminuir bastante a quantidade de furto, pois o ladrão vai pensar duas vezes antes de levar. E quem compra celular roubado e for pego poderá ser responsabilizado”, disse o secretário da SSP, Ricardo Mandarino.

O serviço funciona assim: a população deve acessar o site alertacelular.ssp.ba.gov.br e fazer o cadastro do aparelho no sistema. Lá deverá ser informado o código IMEI, uma espécie de identidade do celular, ou melhor, um número exclusivo que identifica o smartphone. O IMEI pode ser consultado discando *#06#, na nota fiscal ou na embalagem original do bem.

Com o cadastro realizado, caso o celular seja alvo de criminosos, o proprietário pode entrar no site e ativar o alerta. Após esse passo, a vítima deve registrar o boletim de ocorrência em até 48 horas. Caso isso não seja feito, o alerta será cancelado. Nos casos de crimes sem violência física, é possível fazer o registro na Delegacia Digital, sem sair de casa. Mas se houver agressão, é necessário a presença em qualquer unidade da Polícia Civil e aguardar. Com o Alerta Celular, caso a polícia consiga recuperar o aparelho, vai identificar o dono e fazer a devolução.

“Temos centenas de aparelhos custodiados e não devolvidos atualmente. Com esse serviço, vamos conseguir localizar os donos com mais facilidade”, disse o major Rubenilton Andrade, diretor de Avaliação Operacional da Superintendência Integrada da ação policial, durante o lançamento do Alerta Celular.

Nas abordagens, por exemplo, os policiais poderão consultar o banco de dados e verificar se o item apreendido ou em análise está cadastrado na página como fruto de roubo ou furto. Confirmado de que se trata de um equipamento de origem ilícita, ele é apreendido, encaminhado à Delegacia e, com base nos dados cadastrados no site, o dono é acionado através do e-mail e o aparelho é devolvido.

Fonte: Jornal Correio

LEIA MAIS; Após matéria no União Notícias, prefeitura acaba com escuridão da passarela de acesso ao Shopping da Bahia

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.