Politica

AL-BA entra em lockdown de dez dias

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Adolfo Menezes decidiu suspender todas as atividades presenciais por dez dias a partir desta sexta-feira (21, até o dia 31, véspera da reabertura dos trabalhos ordinários. O recrudescimento das infecções de Covid-19 entre parlamentares e funcionários acendeu a luz amarela e fez com que o parlamentar optasse pelo isolamento social como forma de proteção diante o avanço do coronavírus e gripe.

 

Para o presidente da AL-BA, evitar a disseminação da cepa ômicron, que é extremamente contagiosa, exige atitudes mais duras de todos os gestores e esse lockdown de dez dias contribuirá para isso, cortando o acesso de pessoas contaminadas às dependências da Assembleia, além de permitir aos colaboradores eventualmente infectados pela Covid-19 cumpram seus períodos de quarentena e tratamento com tranquilidade – antes do recomeço do ano Legislativo.

 

O protocolo de restrições é o mesmo adotado no início da pandemia em março de 2020. A decisão de baixar um ato suspendendo os trabalhos presenciais ocorreu após reunião do deputado Adolfo Menezes com os superintendentes de Recursos Humanos da ALBA, Francisco Raposo (a quem o Serviço Médico é subordinado), e da Administração e Finanças, Robson Coutinho, que relataram o avanço da pandemia entre o pessoal, bem como a recomendação expressa da infectologista nesse sentido.

Crédito bocão News

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlocker Detectado

Por favor desative seu Ad Blocker ou nos adicione como exceção.