Politica

Advogados deixam defesa de Deltan Dallagnol após vazamento de mensagens

Os advogados do procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, deixaram a defesa dos processos que ele responde no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), depois do caso de vazamento das mensagens do Telegram publicadas pelo site The Intercept Brasil.

Segundo os defensores Eduardo Mendonça e Felipe de Melo Fonte, a decisão foi de comum acordo com o procurador. Entretanto, segundo o site UOL, nos bastidores, os advogados afirmaram ter deixado a defesa do procurador por não terem interesse de atuar no caso das mensagens publicadas pelo Intercept.

Os advogados defendiam Deltan em dois casos envolvendo: por uma reclamação disciplinar apresentada pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL) contra publicações em suas redes sociais que teriam cunho político-partidário e outro aberto por declarações dadas à rádio CBN em que fazia críticas ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Com a saída dos advogados, Deltan terá ajuda de Francisco Rezek, ex-ministro do STF, na defesa, que afirma atuar gratuitamente no caso.

As informações são da VOL

LEIA MAIS;

Rui Costa apresenta à Câmara projeto de mobilidade para o Subúrbio

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios