Politica

“Tenho certeza absoluta que não cometi nenhum crime’, afirma Lula

Lula acompanha o julgamento em sala reservada no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, desde às 10 horas

Durante discurso no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, em São Paulo, onde acompanha o julgamento que ocorre neste momento no Tribunal Regional Federal da 4ª região, em Porto Alegre, o ex-presidente Lula disse estar “extemamente tranquilo”. “Tenho certeza absoluta que não cometi nenhum crime’, afirmou.

 

O ex-presidente foi condenado pelo juiz federal Sergio Moro a nove anos e meio de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo do triplex. A defesa recorreu ao TRF4, a segunda instância da Justiça Federal. Hoje, os desembargadores federais João Pedro Gebran Neto, Leandro Paulsen e Victor Luiz dos Santos Laus julgam o recurso e podem definir se mantém a condenação ou se absolvem o ex-presidente.

 

“Eles (juízes) decidirem por 3 a 0 que o juiz Moro errou é a única coisa certa e justa”, disse Lula.”As pessoas que me julgaram estão com a consciência menos tranquila do que a minha.”

“Se não acontecer (absolvição) temos muito tempo pela frente pra mostrar o equívoco, as mentiras contadas contra o PT e o Lula nesses últimos anos. A única coisa que quero que saibam é que tenho muita tranquilidade pra enfrentar adversidade, noção dos problemas que estou vivendo, e o que tá acontecendo comigo é muito pouco perto do que tão fazendo com milhões de brasileiros, que não entenderam a reforma trabalhista e vão ser massacrado”, disse.

 

“Com as pessoas que serão massacradas pela reforma da Previdência. Em fazer a reforma pra mexer no salário do povo trabalhador, não do desembargador ou do general”, declarou. Lula disse ainda que seus adversários “várias vezes quebraram o Brasil”

Lula acompanha o julgamento em sala reservada no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, desde às 10 horas. Militantes e apoiadores assistem por um telão montado no sindicato. No início da manhã, integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) fizeram, em frente ao prédio de Lula, um ato de solidariedade.

Fonte Agência Brasil

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios