Politica

Rui Costa afirma que se não cortasse salários de professores, poderia parecer “férias”

Bolo de Pote

O governador do estado, Rui Costa (PT) afirmou nesta terça-feira (28), que caso não tomasse a atitude de cortar os salários dos professores grevistas, poderiam parecer que eles estavam de “férias”.

O governador disse também que com o fim do movimento paredista, o governo deve sentar para redefinir as aulas nas instituições e a reposição salarial. Ele voltou a defender que os professores baianos recebem mais do que docentes de instituições federais e ressaltou ainda um acordo firmado com técnicos e analistas de universidades.

LEIA MAIS;

Simone revela sonho com Gabriel Diniz: “Agora eu preciso descansar”

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.