Politica

Quinze dos 24 partidos na Câmara são contrários ao voto impresso, diz jornal

O governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) deve sofrer nesta segunda-feira (9) mais uma derrota com a pauta do voto impresso auditável. De acordo com levantamento feito pelo O Globo, os partidos que se dizem contrários à proposta possuem 330 deputados.

 

O presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), deve reunir nesta segunda-feira líderes partidários para tratar sobre o tema que pode ser debatido ainda nesta terça (10). “O plenário será o juiz dessa disputa que já foi longe demais”, afirmou na última sexta, dia 6, em pronunciamento no Salão Verde.

 

Ainda de acordo com o levantamento do O Globo, das 22 bancadas consultadas, apenas duas, com 86 parlamentares no total, confirmaram apoio ao projeto. É preciso pelo menos 308 votos para aprovar a medida.

 

A volta do voto impresso foi rejeitada, por 23 a 11, na comissão na Câmara na última segunda, dia 5. A proposta de Bolsonaro é que, a partir da eleição presidencial de 2022, os números que cada eleitor digita na urna eletrônica sejam impressos e depositados numa urna de acrílico.

 

A ideia é que, em caso de acusação de fraude no sistema eletrônico, os votos em papel possam ser apurados manualmente. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), responsável pela organização das votações brasileiras, no entanto, refuta as acusações de fragilidade do sistema eletrônico.

 

Crédito: Redação Bocão News

LEIA MAIS;

Covid-19: Salvador imuniza exclusivamente pessoas com 26 e 27 anos nesta segunda

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlocker Detectado

Por favor desative seu Ad Blocker ou nos adicione como exceção.