Politica

Provável futuro ministro de Bolsonaro admitiu receber ‘caixa 2’ da JBS

Em 2017, o deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS) admitiu à imprensa ter recebido R$ 100 mil em caixa 2 da empresa de carnes JBS, dos irmãos Joesley e Wesley Batista. O parlamentar é cotado pelo presidenciável Jair Bolsonaro como futuro ministro-chefe da Casa Civil, caso o capitão da reserva seja eleito.

 

De acordo com informações da Folha de S.Paulo, o democrata, um dos líderes do partido no boicote à candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB) ao Palácio do Planalto, justificou ter utilizado o dinheiro recebido da companhia para uitar gastos de campanha de 2014, mas concordou que deveria “pagar pelo erro”.

 

Mesmo após assumir a culpa, depois de 15 meses, nenhum procedimento legal ou administrativo foi aberto contra Lorenzoni. A investigação que comprometeu o gaúcho com o esquema é fruto de delação premiada de executivos da companhia.

Fonte: Radar Bahia

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.