NotíciasSalvador

Prefeitura de Salvador rescinde contrato com CSN e assume gestão direta do transporte público

Bruno Reis ressaltou que intervenção foi feita para "garantir a continuidade dos serviços para a população e preservar 4.500 empregos", no que considerou o "único caminho", por conta da crise econômica que se deu com a pandemia

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), anunciou hoje (27), através de coletiva de imprensa virtual, a rescisão de contrato com a Concessionária Salvador Norte (CSN). Sendo assim, de acordo com o gestor, a gestão vai assumir de forma direta a execução do serviço de transporte público da capital baiana.

Segundo o chefe do executivo municipal, a caducidade da CSN vem devido à falta de condições da empresa em prestar o serviço de transporte publico para a população da cidade, em uma gestão que considerou “temerária” feita pelos sócios da empresa.

Reis ainda ressaltou que a intervenção foi feita para “garantir a continuidade dos serviços para a população e preservar 4.500 empregos”, no que considerou o “único caminho”, por conta da crise econômica que se deu com a pandemia de Covid-19.

Durante transmissão, Bruno Reis disse que a situação encontrada pela prefeitura foi de uma frota sucateada e de condições precárias de trabalho, além de dívidas que somam mais de R$500 milhões em rescisões e processos trabalhistas, dívidas com o munícipio, etc.

LEIA MAIS;

Decreto regulamenta o pagamento do Auxílio Emergencial 2021

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.