Politica

Prefeitura amplia parceria com CIEE para qualificação de jovens em vulnerabilidade social

Atividades contemplam adolescentes e jovens de 14 a 24 anos

A Prefeitura de Salvador assinou nesta terça-feira (21) um termo de cooperação para ampliar a parceria existente com o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) na execução das Oficinas de Criatividade. A iniciativa qualifica profissionalmente e encaminha jovens e adolescentes em situação de vulnerabilidade social para o mercado de trabalho.

Com a assinatura do termo, as Oficinas de Criatividade, já realizadas em alguns Centros de Referência de Assistência Social (Cras) da capital baiana, acontecerão também nos Centros de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e unidades de acolhimento da rede da Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre). As atividades contemplam adolescentes e jovens de 14 a 24 anos. A solenidade aconteceu no Espaço de Cidadania do CIEE, em Nazaré.

Em seu discurso, o prefeito Bruno Reis destacou a importância de programas desse tipo e lembrou da própria experiência, ao revelar que conseguiu seu primeiro estágio com a intermediação do CIEE e, ao ser contratado posteriormente, seu primeiro emprego com carteira assinada. “São projetos como esse que têm a capacidade de transformar a vida das pessoas. A experiência no estágio ensina muito. O banco da academia é fundamental para a gente desenvolver nossa capacidade de compreensão, aprender a teoria, mas a prática ensina muito. Se de um lado precisa estudar, do outro precisa trabalhar. Quem estuda e trabalha vai ter resultado”, disse o gestor municipal.

O titular da Sempre, Júnior Magalhães, informou que mais de 75% do público atendido pelas oficinas do CIEE vem de famílias inscritas no Cadastro Único, ou seja, em situação de vulnerabilidade social. “O CIEE tem relações com toda a iniciativa privada. O que esses jovens precisam é de oportunidade para ajudar no sustento de suas famílias. Serão jovens qualificados que não vão sair da escola, terão a carga horária correta, com direitos trabalhistas assegurados. O termo de compromisso possibilita a ampliação desse trabalho, já feito hoje em alguns Cras, e que agora será institucionalizado em toda a rede social da secretaria”, disse.

O CEO do CIEE, Humberto Casagrande, celebrou a expansão da parceria da entidade privada com a Prefeitura. “Temos na cidade aproximadamente 5 mil estagiários e 2,5 mil aprendizes. Conseguimos atender 7,5 mil jovens, mas temos 80 mil interessados. Que essa parceria continue se fortalecendo, para atingirmos um público ainda maior”, afirmou.

Orientadora social das Oficinas de Criatividade do CIEE, Elisângela Ramos explicou como ocorrem as atividades. São realizados 10 encontros nas comunidades, com turmas de 25 jovens cada uma. “Desenvolvemos temáticas como identidade, mundo do trabalho, entrevista de emprego, currículo, projeto de vida. Ao final, a gente identifica se encaminhamos para as vagas, para o processo de entrevista e dinâmica de grupo. Mas há também os jovens que não querem trabalhar formalmente; que querem ser artistas, por exemplo. Então, a gente também encaminha para essas áreas mais pertinentes”, disse.

Créditos: Redação Bahia.Ba

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlocker Detectado

Por favor desative seu Ad Blocker ou nos adicione como exceção.