Educação

Prazo para efetivação da matrícula descentralizada na rede municipal segue até sexta (19)

Responsável deve comparecer em qualquer unidade da rede, com cópia dos documentos necessários

O prazo para confirmação de matrícula na Rede Municipal de Ensino para as crianças contempladas na distribuição eletrônica de vagas de 2024 termina na sexta-feira (19). Para efetivar o acesso do filho às aulas, o responsável pelo aluno deve comparecer em qualquer unidade da rede, levando originais e cópia dos documentos necessários.

São eles: CPF e certidão de nascimento da criança; CPF do responsável; Cartão SUS da criança; Cartão e Certificado de Vacinação emitido por posto de saúde; endereço de referência; e Cartão do Bolsa Família com último extrato, no caso de família beneficiária. Após este prazo, o responsável deve dirigir-se à unidade escolhida para o estudante cursar o ano letivo, a fim de consolidar o processo.

A matrícula é realizada em duas etapas, sendo a primeira realizada nos meses de novembro e dezembro de 2023, quando a Secretaria Municipal da Educação (Smed) realizou o cadastro para a Educação Infantil e a Educação de Jovens e Adultos, englobando crianças com idades de 2 a 5 anos (educação infantil), e pessoas que deixaram de estudar, mas desejam retomar os estudos. Já a segunda etapa, que trata da efetivação e confirmação da matrícula firmada no final do ano, teve início no último dia 3.

“Paralelamente a esse processo de cadastro, que ocorre de forma descentralizada em todas as escolas da rede, acontece ainda a confirmação e a renovação da matrícula dos alunos que já são da rede. De forma a complementar o processo de matrícula que aconteceu em dezembro, as famílias confirmaram o desejo de seus filhos permanecerem na escola e, de nossa parte, confirmamos a matrícula dessas crianças e dos jovens adultos e idosos. Agora iniciamos a matrícula de quem não faz parte da rede, com a confirmação do cadastro do primeiro ao nono ano”, explica a gerente de Gestão Escolar da Smed, Patrícia Moura.

Para o mês de janeiro, a secretaria estabeleceu um cronograma de matrícula, de forma que cada ano de escolarização contou com um dia específico para realização da matrícula. Apesar disso, a ação não é engessada: quem não pode ir no dia específico, poderá comparecer no dia posterior, em qualquer escola da rede municipal de Salvador, para finalizar o processo e matricular o filho na escola que deseja. A partir do dia 22, as escolas deixam de ser postos descentralizados e passam a ser postos centralizados e específicos. Ou seja, a família vai precisar ir à escola que ela deseja que seu filho estude.

“Além de um corpo profissional qualificado e da excelência na educação, estamos entregando também fardamento novos para os estudantes, bem como tablets, um novo kit pedagógico escolar, e estamos preparando a rede para receber os novos alunos, a partir do dia 15 de fevereiro, que é a data de início do período letivo na rede municipal. Então, pedimos aos pais ou adultos jovens que ainda não realizaram a matrícula que o façam até o dia 19 de janeiro, procurando qualquer escola da rede municipal para realizar o processo. Ou, a partir do dia 22, na escola específica que deseja que seu filho seja matriculado”, lembra Patrícia Moura.

Kit escolar

Além do fardamento e do material escolar básico, as crianças da Rede Municipal vão receber dois pares de tênis. Para garantir, os pais dos alunos da rede precisam levá-los regularmente para a escola e acompanhar o desenvolvimento pedagógico dos filhos junto aos professores.

Créditos: Redação Correio 24 horas

LEIA MAIS;

Rua Afonso Celso, na Barra, ganha mais acessibilidade após requalificação da Prefeitura

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlocker Detectado

Por favor desative seu Ad Blocker ou nos adicione como exceção.