Politica

Óleo nas praias: Prefeito diz que “não há necessidade” de decreto de emergência em Salvador

O prefeito ACM Neto descartou assinar decreto de emergência em Salvador por conta das manchas de óleos nas praias do Nordeste brasileiro. Indagado sobre o assunto Neto disse reiterou que a prefeitura está fazendo o esforço e não vai jogar para torcida.

“Não há. Não assinei por não há necessidade. A prefeitura está fazendo seu esforço, tem estrutura, está mobilizada, tem dado resposta desde o primeiro momento. Inclusive a parte operacional não passa pelo governo do Estado até então, a limpeza não está sendo por eles, mas pela prefeitura, não verificamos nenhuma questão prática para a assinatura desse decreto. Ontem minha equipe foi para a reunião com o governador e saiu de lá que não havia nenhuma ação concreta prevista. Nós então queremos trabalhar em parceria com os governos estadual e federal, mas a prefeitura sabe o que ela deve fazer. Assinar um decreto só para poder jogar para torcida, não tem sentido”, afirmou, durante assinatura da ordem de serviço para o Museu da Música, nesta sexta-feira (18).

O demista ainda acrescentou que se “precisar fazer contratação emergencial, aí eu faço um decreto municipal” e alfinetou o governador Rui Costa, seu adversário político. “Fazer por fazer, não vou fazer. A hora não é de fazer discurso ou provocação política, como o ex-governador fez.

Matéria Relacionada: 
Neto ressalta trabalho da prefeitura na limpeza das praias e diz que não é hora de “disputa política”

 

Fonte: BNews

 

LEIA MAIS;

Saque do FGTS para nascido em janeiro, sem conta na Caixa, começa hoje

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios