Politica

‘Não posso governar sozinho’, diz Bolsonaro ao pedir a união de poderes

Neste domingo (18), o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) disse que não pode “governar sozinho” e pregou o diálogo com outros órgãos e poderes em prol do país. A declaração foi dada em visita à competição mundial de jiu-jitsu Abu Dhabi Grand Slam, no Parque Olímpico da Barra.

Bolsonaro afirmou que se dedicará a encontros com representantes de outras instituições a partir desta terça-feira (20). “Temos que nos unir. Não posso governar sozinho. O Executivo, apesar de falarem que é um poder independente, em grande parte depende do parlamento brasileiro. Temos que nos aproximar e muito do parlamento”, disse.

O presidente eleito aproveitou para cobrar das prefeituras um apoio para repôr os mais de 8.000 médicos cubanos que deixaram o país. Cuba decidiu que não permaneceria mais no programa Mais Médicos após exigências feitas por Bolsonaro.

Também nesta terça-feira (20), Bolsonaro deve ir ao Tribunal de Contas da União e à Controladoria-Geral da União. “Esta semana continuam mais visitas protocolares às instituições para demonstrar, não só nossa humildade, bem como a vontade de governar junto o Brasil.”

Fonte: Radar Bahia 

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.