BahiaNotícias

Motoristas enfrentam espera de duas horas no ferryboat

Movimento de passageiros registra intensidade em alguns terminais da capital baiana

Muitos moradores de Salvador que conseguiram a tão esperada folga nesta Semana Santa (quinta-feira a domingo) já começam a deixar a cidade para aproveitar o período no interior do estado ou em localidades nos litorais norte e sul da Bahia.

Pelo ferry-boat, a Internacional Travessias Salvador (ITS), concessionária que administra o sistema, afirmou que o tempo de espera, na tarde desta quarta-feira, 13, é de 2 horas para veículos e tranquilo para passageiros, no Terminal de São Joaquim, na capital. Do outro lado, em Bom Despacho, o fluxo é tranquilo nas duas categorias.

Nesta quarta, estão à disposição da população as seguintes embarcações: Dorival Caymmi, Zumbi dos Palmares, Pinheiro, Ivete Sangalo e Maria Bethânia. Já o ferry Anna Nery pode ser colocado em circulação a depender da demanda.

Ainda de acordo com a ITS, entre os dias 14 e 25 deste mês, o serviço estará funcionando nos horários regulares, com saídas de hora em hora, com viagens extras nos momentos de maior demanda.

De segunda a sábado, o sistema vai operar das 5h às 23h30. Aos domingos e feriados, o sistema funciona das 6h às 23h30.

Quem também pensa em chegar na Ilha de Itaparica e praias do baixo-sul do estado, tem como opção as lanchinhas que saem do Terminal Náutico, no Comércio. A expectativa é a de que o movimento na região comece ficar mais intenso entre o final da tarde/início da noite desta quarta e a quinta-feira, 14.

O último horário saindo de Salvador será às 18h20, devido à maré baixa. Oito embarcações estão à disposição dos usuários que querem fazer a travessia.

Pela estrada

Quem se desloca pela estrada já encontra aumento no fluxo de passageiros no Terminal Rodoviário de Salvador, na Região do Iguatemi, que deve ficar mais intenso a partir das 18h.

A previsão é que mais de 56 mil pessoas passem pelo local até a próxima segunda-feira, 18. Ao todo, foram colocados a disposição dos usuários 400 horários extras já a partir desta quarta.

O dia em que é esperado o maior movimento de embarque é a quinta, quando mais de 15 mil pessoas devem passar pela rodoviária. Se comparado a operação especial realizada no ano de 2019, quando foram embarcados pouco mais de 80 mil passageiros, a expectativa para a operação especial deste ano é 30% menor.

Já quem for dirigir de carro, deve ficar atento: nas principais rodovias que cortam a Bahia, durante o feriadão de Semana Santa, os técnicos e especialistas em regulação da Agência vão realizar blitze em combate ao transporte irregular de passageiros para coibir a prática que muitas vezes coloca a vida de passageiros em risco.

Nestas operações as equipes de fiscalização contam com o apoio do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Ainda segundo a PRF, a expectativa é que o pico de movimento na saída para o feriado prolongado deve se concentrar entre o fim da tarde e início da noite desta quarta e durante toda a quinta. O retorno deve ter um fluxo maior de veículos durante a tarde e a noite de domingo, 17.

 

LEIA MAIS;

Guto Ferreira, técnico do Bahia, é internado em hospital após sentir dores no peito

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlocker Detectado

Por favor desative seu Ad Blocker ou nos adicione como exceção.