Comunidade

Moradores de Santa Cruz querem audiência pública com prefeitura para tratar de programa de aprendizagem

De fora do Programa Municipal de Aprendizagem, os moradores do bairro de Santa Cruz, em Salvador, querem uma audiência pública para tratar do assunto com a prefeitura da capital. Nesta quinta-feira (25), após tomar conhecimento da ação, lideranças da região procuraram a redação do site União Notícias, para descrever a importância do projeto para a juventude, mas também para cobrar a participação no programa, que pode auxiliar adolescentes na inserção ao mercado de trabalho durante essa crise sanitária gerada pelo novo coronavírus (covid-19).
Esse projeto está em tramitação na Câmara de Vereadores e tem um investimento máximo de R$7 milhões. A prefeitura vai repassar o recurso ao Parque Social – Empreendedorismo e Desenvolvimento Social, associação civil sem fins lucrativos, para execução do programa municipal. Essa ação é para oferecer aos adolescentes e jovens formação técnico-profissional com oportunidade de ingresso no mercado de trabalho. “É de suma importância que o bairro faça parte desse programa, assim vamos diminuir os efeitos causados pela pandemia na comunidade”, salienta a liderança comunitária, Liozana Santos.
Para a comunidade, a ação é de suma importância, inclusive para ampliar conhecimento e qualificar jovens entre 14 e 24 anos. Segundo o projeto, que deve ser aprovado na Câmara, a contratação dos aprendizes será de modo indireto, dando assistência ao adolescente e à educação profissional, seguindo as diretrizes do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).
“Os jovens precisam dessa iniciativa. Ainda mais que será por um prazo de dois anos, e será assegurado ao aprendiz, inscrito no programa, formação técnico-profissional metódica compatível com o seu desenvolvimento físico, moral e psicológico. O aprendiz se compromete a executar com zelo e diligência as tarefas necessárias a essa formação”, frisa a líderança comunitária munido do projeto de lei do Poder Executivo em tramitação na Câmara.

LEIA MAIS;

Bolsonaro informa que auxílio emergencial será estendido por mais dois meses

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.