Brasil

Local do acidente com 11 mortes é chamado de “Curva da Morte”

Trecho na BR-146 é mal sinalizado; moradores protestaram ontem

Cerca de 100 pessoas interditaram a BR-146, no município de Serra do Salitre, próximo ao local onde ocorreu um grave acidente na madrugada deste sábado (2), que matou onze pessoas e deixou 47 feridas. A manifestação cobrou mais segurança e sinalização para os motoristas no trecho, considerado com alto índice de acidentes. O local onde o acidente aconteceu é conhecido como “Curva da Morte de Catiara”.

 

O protesto, que interditou a rodovia nos dois sentidos, começou às 17h e durou cerca de duas horas. As informações são da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) de Minas Gerais.

Ao todo, 53 pessoas estavam no ônibus que, de acordo com a PRE, tombou sozinho em uma curva íngreme por volta da 1h.

Os 47 feridos foram encaminhados para hospitais dos municípios mineiros de Araxá, Patrocínio, Serra do Salitre e Patos de Minas. Até o momento, não foi divulgado um balanço sobre o estado de saúde dos hospitalizados, mas segundo a PRE, algumas pessoas estão em estado grave.

 

Este não foi o primeiro protesto no local. Segundo os moradores, a cada 15 dias ou menos, um acidente é registrado no local e a maioria é fatal.

 

Além da indignação que levou ao protesto, a população local deu exemplos de generosidade. Logo de manhã, o Hospital Santa Casa de Patrocínio pediu doações em sua página no Facebook, informando que os feridos são pessoas carentes. No fim da tarde, porém, a instituição fez uma nova postagem para dizer que inúmeras pessoas levaram roupas, sapatos, produtos de higiene e alimentos.

“A solidariedade foi tanta que agora não serão apenas as pessoas que estavam no ônibus que receberão ajuda, mas tantas outras que precisam”, informou o hospital.

Segundo a polícia, o ônibus seguia de Arapiraca (AL) com destino ao Estado de São Paulo quando atravessou a pista contrária, saiu da rodovia e caiu dentro de uma vala. As causas do acidente ainda serão apuradas pela perícia da Polícia Civil.

Fonte R7

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios