Notícias

Justiça do Rio torna réu segurança que matou jovem estrangulado no Extra

A Justiça do Rio de Janeiro aceitou a denúncia do Ministério Público e tornou réu o segurança Davi Moreira Amâncio, acusado de estrangular e matar Pedro Gonzaga, de 19 anos, no supermercado Extra, na Barra da Tijuca, em fevereiro.

Segundo o jornal O Globo, outro vigilante do mercado, Edmilson Felix, que ficou ao lado de Davi enquanto ele dava o mata-leão na vítima, também virou réu no processo, por omissão. Os dois responderão em liberdade.

Ao aceitar a denúncia, o juiz Alexandre Abrahão impôs aos réuso cumprimento de medidas cautelares, como a proibição de contato com parentes da vítima e a obrigatoriedade de comparecimento mensal em juízo.

Fonte: Redação BNews

LEIA MAIS;

Mais de mil pessoas participam da 3º edição da Cruzada Evangelística Siga Cristo

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios