NotíciasSalvador

Justiça decreta prisão temporária de seis torcedores da Bamor

Segundo testemunhas, promoverem o atentado contra o ônibus com torcedores do Vitória que seguiam para o Barradão,

A Justiça decretou a prisão temporária dos seis torcedores e integrantes da Torcida Organizada Bamor, do Bahia, suspeitos de depredar um ônibus e ferir dois passageiros de um ônibus, na região da Brasilgás. Eles foram presos em flagrante, no domingo (10), e indiciados por tentativa de homicídio – um dos passageiros foi baleado no braço esquerdo e outro levou uma pedrada no olho.

 

Durante a audiência de custória, realizada nesta terça-feira (11), a juíza Maria do Socorro Santa Rosa de Carvalho Habib homologou a prisão em flagrante e decretou a prisão temporária pelo prazo de 30 dias, prorrogável por igual período, de César Bloise Barbosa, Daniel Cruz Alves Júnior, Danilo Barbosa Souza, Edílson da Silva Venâncio, Thiago Rabelo Oliveira e Diego Santos Novaes.

 

Eles foram capturados na sede da Bamor, nos Barris, logo depois de, segundo testemunhas, promoverem o atentado contra o ônibus com torcedores do Vitória que seguiam para o Barradão, por volta de 14h de domingo.

 

Na decisão, a juíza destaca que a investigação aponta que os suspeitos estavam “a bordo de dois veículos e com uniformes da torcida organizada do Bahia, tendo perseguido um ônibus e, munidos de um revólver e de bastões de ferro, e na tentativa de atingir os integrantes da torcida rival denominado Imbatíveis, atiraram contra o ônibus e os passageiros, ocasião em que destes foram atingidos por estilaços de vidro, além de danos ao veículos”.

 

Baleado

Segundo a polícia, Adrien Matheus Andrade Souza, 19 anos, estava dentro de um ônibus quando foi surpreendido pelo grupo da Bamor. No coletivo havia diversos integrantes da Torcida Uniformizada Imbatíveis (TUI), do Vitória, que estavam cantando as músicas do clube enquanto seguiam para assistir a partida entre Vitória X Fluminense. O veículo estava passando pela região da Brasilgás quando a confusão começou.

 

O motorista do ônibus foi surpreendido por dois homens armados e, por isso, desviou o veículo para o acostamento. O condutor foi cercado, de novo, por outros homens, em dois carros brancos. Eles teriam apedrejado o ônibus, que teve os vidros quebrados. Durante a confusão, Adrien Matheus foi baleado no braço esquerdo e o empacotador Luiz Augusto Cruz Vieira Filho, 21, que também estava no ônibus, ficou ferido.

 

Luiz Augusto, que vestia a camiseta do Vitória, mas negou pertencer à uniformizada rubro-negra, foi atingido por uma pedrada no olho esquerdo. As duas vítimas foram socorridas para o Hospital Geral do Estado (HGE) e já tiveram alta médica.

Fonte Correio da Bahia

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios