Bahia

Justiça condena promotor Almiro Sena a quatro anos de prisão por assédio sexual

Em julgamento nesta quarta-feira (12), os desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA) condenaram o promotor Almiro Sena a quatro anos, cinco meses e quinze dias de prisão.

Ele foi acusado de assédio sexual contra servidoras da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Estado. A possibilidade de condenação por estupro foi descartada em razão da falta de provas e pela necessidade da abertura de um novo inquérito.

Fonte: Radar Bahia 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar

Bloqueador de anúncios detectado

Por favor, nos apoie desativando o seu boqueador de anúncios! Agradecemos!