Sem categoria

Hotel Pestana do Rio Vermelho vai reabrir

O hotel Pestana do Rio Vermelho, um dos mais tradicionais de Salvador, fechado desde o Carnaval de 2017, deverá ser reaberto em 2020. O anúncio foi feito ontem nas redes sociais do prefeito ACM Neto, após encontro, no Palácio Thomé de Souza, com o presidente e com o diretor do grupo, respectivamente Gustavo Jarussi e José Macedo. O prefeito anunciou que além de reabrir as portas o empreendimento terá sua estrutura ampliada, com implantação de empreendimento residencial e comercial, além da manutenção do centro de convenções do Pestana. As obras devem começar ainda no primeiro semestre de 2020.

“A prefeitura vai facilitar todo o processo e acelerar a liberação de licenças, já que se trata de um importante investimento para a nossa economia”, disse o prefeito. O projeto das obras deve ser entregue à Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) até fevereiro de 2020, para que as obras tenham início ainda no primeiro semestre, divididas em três etapas. A expectativa é que a reabertura gere cerca de 900 empregos, entre diretos e indiretos.

Incentivos – A prefeitura já encaminhou para a Câmara de Vereadores projeto que contempla a rede hoteleira com benefícios fiscais que envolvem desconto de até 40% no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e facilidade no pagamento de débitos por meio do Programa de Parcelamento Incentivado Especial (PPI), que oferece pagamento de dívidas tributárias municipais com desconto de até 100% de multa e encargos monetários. O desconto no IPTU pode ser obtido a partir de iniciativas como gastos com inovação, requalificação da infraestrutura e modernização das instalações; gastos com qualificação de funcionários e aumento do nível de ocupação.

 

As informações são do Jornal A Tarde Online

LEIA MAIS;

PREPAREM OS BALDES! Abastecimento de água será suspenso por conta de obras do BRT

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.