ComunidadeReligião

Governador sanciona lei que define 13 de outubro como Dia da Santa Irmã Dulce dos Pobres

O governador Rui Costa sancionou a lei que estabelece 13 de outubro como Dia da Santa Irmã Dulce dos Pobres, na Bahia. A homologação foi publicada na edição desta quarta-feira (4) do Diário Oficial do Estado. É nesta mesma data que, este ano, Irmã Dulce será canonizada pelo Papa Francisco, em cerimônia no Vaticano.

No dia 20 de outubro, uma festa em homenagem à futura santa será realizada em Salvador, na Arena Fonte Nova. O evento terá shows culturais com apresentações teatrais e de artistas, além de missa solene presidida pelo arcebispo da capital baiana e primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger.

Aprovada pela Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o projeto de lei que instituiu a data é de autoria do deputado estadual Marquinho Viana (PSB). No entanto, ele incorre em um erro eclesial, visto que a Igreja Católica continuará comemorando o dia da Santa Irmã Dulce dos Pobres em 14 de agosto. O dia 13 de outubro é apenas a ocasião escolhida para a canonização dela.

Sobre a questão da data, em conversa com o BNews, Viana afirmou que não vê problema na questão de Irmã Dulce possuir duas datas comemorativas. “Bom até que não atrapalha de o governo do Estado ou a Assembleia fazer algum ato em relação a isso. A igreja faz um e o Estado faz outro. Irmã Dulce merece”, afirmou.

 

Fonte: BNews

 

LEIA MAIS;

CASO KÁTIA VARGAS: julgamento de recurso para suspender anulação do júri é adiado mais uma vez

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.