CoronavirusSalvador

Funcionários de empresa de ônibus denunciam que são afastados sem direto a salário durante quarentena

Funcionários da Concessionária Salvador Norte (CSN), uma das empresas que realiza o transporte público na cidade de Salvador, denunciaram ao BNews que foram afastados pela empresa, por conta da pandemia do coronavírus, sem previsão de quando irão receber salário.

De acordo com a denúncia, os funcionários foram pegos de surpresa, no último sábado (21), com o aviso de que eles teriam direito apenas ao ticket alimentação e ao plano de saúde.

“Foi horrível. Teve gente que só faltou chorar. Tem muita mãe de família que precisa sustentar os filhos. Fica complicado sem salário. Como é que paga aluguel, água, luz e remédio?”, questionou um dos funcionários, em depoimento ao BNews.

Na última quinta-feira (19), o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), anunciou reduziria em 30% a frota dos ônibus fora do horário de pico, como medida de combate à pandemia.

A equipe de reportagem tentou contato com a CSN Transportes, na tarde de segunda-feira (23) e terça-feira (24), mas o telefone informado não atende as ligações.

BNews entrou em contato também com a Associação das Empresas de Transportes de Salvador (Integra), da qual a empresa faz parte, mas a assessoria informou apenas que “a empresa não passou nada sobre o assunto”.

 

Fonte: BNews

 

VEJA MAIS;Hemoba registra 50% de queda nas doações de sangue durante a pandemia

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.