Politica

Filho de Bolsonaro pagou voos para treinos de tiro com dinheiro público, comprova jornal

O voo foi comprado com verba da chamada cota parlamentar, a que todos os deputados federais têm direito.

“Sessão de desestresse ontem no Clube e Escola de Tiro 38”. É com essa legenda que o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) aparece em um vídeo que mostra uma sessão de tiros em clube privado em Santa Catarina. As imagens foram publicadas no canal que leva seu nome no YouTube no dia 28 de agosto de 2016.

 

De acordo com apuração do jornal Folha de S. Paulo, a data coincide com o uso de uma passagem do Rio de Janeiro para Florianópolis no dia 27 do mesmo mês. O voo foi comprado com verba da chamada cota parlamentar, a que todos os deputados federais têm direito, com a condição de que usem quando há interesse público.

 

Segundo a legislação que regulamenta o uso dos recursos, a cota é “destinada a custear gastos exclusivamente vinculados ao exercício da atividade parlamentar”.

 

Eleito por São Paulo – e reeleito no início do mês como o deputado mais votado do estado –, o filho do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) fez viagens frequentes durante o mandato iniciado em 2015 para o litoral catarinense, onde tem amigos e pratica o tiro esportivo, e também para o Rio Grande do Sul, onde sua atual namorada, a consultora e psicóloga Heloísa Wolf, morava e estudava até julho do ano passado.

 

Como é possível constatar em prestações de conta no sistema de transparência da Câmara, entre outubro de 2015 e outubro de 2016, o gabinete de Eduardo pediu reembolso para 21 passagens que tinham como origem ou como destino Florianópolis e uma cidade vizinha, Navegantes. No mesmo período, a prestação de contas pede reembolso para outras 13 passagens que tiveram como destino ou como origem Porto Alegre e Caxias do Sul.

 

Outro exemplo foi no dia 17 de outubro de 2015, o deputado foi fotografado ao lado do pai e de outros dois amigos no Oktoberfest, em Blumenau (SC), todos eles sentados a uma mesa onde havia canecas e latas de cerveja. Pai e filho estão vestidos com a famosa jardineira da Oktoberfest, que reproduz trajes alemães com suspensório, meias brancas sempre bem esticadas e chapéu. Um dia antes de posar com esta roupa, Eduardo comprou passagens para a capital catarinense e, no dia 18, a volta de Navegantes para o Rio. Os voos também foram adquiridos com recursos da cota parlamentar.

 

A reportagem da Folha entrou em contato com o gabinete do deputado solicitando agendas que justificassem as viagens, mas até a noite desta quarta (17) não obteve resposta.

Fonte: Folha de São Paulo

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.