Politica

Fenafisco: nenhuma reforma na Previdência será popular e efetiva enquanto não reparar os erros na receita

Entidade defende fim de benefícios ficais com o dinheiro da Previdência durante encontro com lideranças no Congresso nesta terça-feira

A Fenafisco (Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital) esteve na mobilização contra a reforma da Previdência que deu início ao trabalho legislativo nesta terça-feira. Durante a audiência pública da CPI da Previdência no Senado, a entidade defendeu que um dos maiores problemas da Previdência Social são as falhas no tratamento de sua receita. Série de vantagens fiscais com a verba destinada à área pode causar mais danos à saúde financeira do sistema do que os direitos concedidos aos trabalhadores.

“A atual proposta da reforma na Previdência não é popular, nem efetiva, porque não resolve um dos problemas centrais: as vantagens fiscais. Enquanto esta parte não for atingida, não teremos uma mudança que realmente melhore o sistema. Antes de cortar direitos, é preciso rever o tratamento dado a receita”, afirma o diretor da Fenafisco para Aposentados e Pensionistas, Celso Malhani.

Outras questões acerca de previdência foram abordadas durante a reunião, como o aumento contínuo das renúncias fiscais, que já representam 4% do Produto Interno Bruto, e a importância da destinação da verba da previdência social para as cidades.

Foto Divulgação

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.