Famosos

Famosos criticam ‘páginas de fofoca’ após morte de jovem de 22 anos

Jessica Vitória Canedo tirou a própria vida após sofrer com ataques causados por notícia falsa divulgada por ‘perfis de fofoca’ nas redes sociais

Após a repercussão da  morte de Jessica Vitória Canedo, de 22 anos, na última sexta-feira (22), se iniciou um debate sobre a responsabilidade dos populares “perfis de fofoca” nas redes sociais. Na ocasião, a jovem foi apontada como possível affair de Whindersson Nunes — informação que foi desmentida por ambas as partes — o que gerou diversos ataques para a jovem que sofria com depressão.

Em nota oficial, a página Choquei, criada por Raphael Souza, se eximiu de culpa pela tragédia e apelou para a “liberdade de expressão” e o “direito à informação”.

Publicado pela rede social X (antigo Twitter), o comunicado diz que “lamenta profundamente o ocorrido e se solidariza com os familiares e todos os afetados pelo triste acontecimento” e “reforça o compromisso em agir com diligência e responsabilidade”.

Foto: Reprodução

 

Porém, nas redes sociais, famosos se pronunciaram e apontaram responsabilidade por diversos acontecimentos semelhantes às páginas de fofoca, por propagarem o ódio e disseminarem informações falsas sem apuração.

Entre os nomes que criticaram as famosas páginas estão, o economista Gil do Vigor, Neymar e a influenciadora Camila Loures , que fez um desabafo sobre acontecimentos recentes envolvendo sua vida pessoa. Na sexta-feira, a cantora  Preta Gil ainda criticou a página “Alfinetei” por dar destaque à críticas de internautas sobre a voz da cantora Naiara Azevedo.

Por meio de seus Stories do Instagram, Camila Loure desabafou: “Eu já tinha falado para vocês, sobre darem unfollow nessas páginas, que não são página de informação, não estão nem contando uma fofoca, onde a pessoa mesmo [envolvida na história] que contou. [As páginas] estão inventando as coisas pra poder estimular o ódio, o bullying sobre as pessoas. E hoje vimos uma situação triste que aconteceu por conta da proporção que as páginas de fofoca levaram para a informação, que era falsa.”

Ela continuou contando uma história pessoal, após ter uma foto passeando em um shopping viralizada por perfis de fofoca nas redes: “Eu chamei as páginas pra conversar e falei que era fake News. Para uma inclusive, que eu tinha o telefone, eu liguei e a pessoa ficou com raiva por eu ter pedido pra apagar, porque era um post que estava induzindo ao ódio e era fake news. Quando eu pedi para apagar, a pessoa ficou com raiva e disse a seguinte frase: ‘Eu tenho o poder de infernizar a sua vida’. A partir daí, eu tentei conversar, começaram uns ataques para cima de mim.”

“Por fim, eu só queria pedir que páginas parem com isso, cara, não é só comigo, é com outros influenciadores também. Vocês causam atoa, vocês que não estão passando a informação de verdade, aqui tem uma vida”, completou.

Neymar fez duras críticas às páginas de fofoca, em especial à Choquei. Em uma publicação nos Stories, Neymar escreveu: “Diversos sites de fofoca, redes de TV e todos os meios de comunicação têm que tomar muito cuidado com o que posta ou fala. Aos haters… vocês que propagam o ódio, os que sabem de tudo, os donos da verdade, os santinhos que nunca erram, parabéns, fizeram mais uma vítima.”

Reprodução/Instagram
Neymar crítica páginas de fofoca

O atleta continuou: “O discurso na internet de respeitar o próximo não existe! Ódio real de todas essas pessoas que se escondem atrás de perfil de internet para falar mal de outra pessoa. Querer ser o primeiro a dar a notícia pode acabar com a vida de alguém. Não é todo mundo que tem o mental forte.”

Créditos: Redação site gente.ig

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlocker Detectado

Por favor desative seu Ad Blocker ou nos adicione como exceção.