Notícias

Família de Ágatha Félix rejeita ajuda financeira do governo do Rio

Enterro foi custeado pela família e pelo jornal Voz das Comunidades

A família da menina Ágatha Félix, que foi morta aos 8 anos, após ser atingida por um tiro de fuzil nas costas, em uma ação da polícia militar, no Complexo do Alemão, na Rio de Janeiro, rejeitou a ajuda financeira que foi oferecida pela Secretaria Estadual de Vitimização, do governo do Rio de Janeiro.

Conforme informações publicadas pela jornalista Mônica Bergamo, nesta terça-feira, 24, na Folha de S.Paulo, o órgão ofereceu recursos para o pagamento do velório da criança.

“Não queremos ajuda do governo”, afirmou Danilo Félix, tio da menina, informando que o enterro foi custeado pela família e pelo jornal ‘Voz das Comunidades’.

LEIA MAIS;

Lula já pode pedir semiaberto, mas quer ‘liberdade plena’

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios