ComunidadeSaúde

Falta de Médico Clinico é queixa frequente de moradores da Santa Cruz

Dos dois clínicos-geral contratados pela prefeitura, um pediu demissão com uma semana e o outro saiu pediu dispensa com um mês

Moradores do bairro da Santa Cruz reclamam da falta do médico clinico na unidade de saúde Osvaldo Caldas Campos desde do mês de março. Dos dois clínicos-geral contratados pela prefeitura, um pediu demissão com uma semana e o outro saiu pediu dispensa com um mês.

 

A secretaria de saúde municipal, mantém a informação que o principal motivo para a falta do médico clinico, é por conta do episódio do dia, 10, de dezembro de 2018, quando supostos criminosos invadiram a unidade e fizeram funcionários reféns, até então a secretaria não conseguiu sanar o problema da falta do médico clínico. Por enquanto, apenas um pediatra, um ginecologista, e um dentista continuam atendendo na unidade.

 

Para a dona de casa Ana Paula Santos, a situação é grave, uma vez que ela precisa de um médico que prescreva medicamentos para a sua mãe idosa, que sofre de queda de pressão baixa.

 

“Eu procurei, eles falaram que não havia médico clinico para atendimento. As receitas da minha mãe já venceram e não tem médico, não tem receita, não tem medicamento”, desabafa.

 

A solução encontrada por moradores como Zilda Silva, foi buscar atendimento em outros bairros vizinhos. “Não tem como. Isso aí está tudo errado. Tenho que pagar transporte para ser atendido, sendo que termos um posto de saúde perto da minha casa”, afirma.

Fontes do União Notícias, informaram que a médica clínica geral, conhecida como doutora Julia, tentou voltar para o posto da Santa Cruz, mas foi impedida por questões burocráticas.

O que diz a secretaria de saúde do município!

De acordo com o secretário, Luiz Galvão, em entrevista à Rádio Piatã FM, o principal problema é dificuldade de colocar médicos é a insegurança no local. “Os profissionais não queriam trabalhar nesta unidade. Tivemos um momento de muita tensão neste local naquele último episódio com pessoas reféns dentro da unidade”, disse

Com relação à segurança, o comando da 40º CIPM – Nordeste de Amaralina, tem mantido policias com duas viaturas da Peto, de segundo a sexta-feira, das 8h às 15h, dando cobertura de segurança a unidade de saúde Osvaldo Caldas Campos do bairro da Santa Cruz.

 

LEIA MAIS;

Vacina contra a gripe é liberada para todos os públicos a partir desta segunda

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.