Bahia

Estudante da UFRB diz não ter recebido prova da mão de professora negra por “uma questão de energia”

O estudante Danilo Araújo de Góis, acusado de racismo, após se recusar a receber uma prova das mãos de uma professora negra na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), foi ouvido na manhã desta quinta (12) em Salvador.

Danilo estava desaparecido desde que o caso ganhou repercussão na última terça (10). Ele parou de frequentar as aulas e foi expulso da residência estudantil na cidade de São Félix.

Ouvido após ser localizado na rodoviária de Salvador, Danilo justificou o fato de não ter pego a prova das mãos da professora, como “uma questão de energia”.  Ainda não se sabe quais atitudes serão tomadas com Danilo, mas ele pode responder por crime de ódio, além de ser expulso da Universidade.

 

 

As informações são do Radar Bahia

 

LEIA MAIS;

Prefeito vai anunciar grade completa do Festival Virada nesta sexta no novo Centro de Convenções

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.