Famosos

Durante live, ex-jogador da seleção tem atitude suspeita e internautas especulam: “Cheirando pó”

Vídeo do momento começou a circular por grupos de WhatsApp e no YouTube

O ex-jogador Mário Jardel, que já atuou na seleção brasileira e foi artilheiro pelo Vasco e Grêmio no início da carreira, teve o seu nome envolto em uma polêmica na internet nos últimos dias. Durante uma live do Liga Portugal, no Instagram, ele sai do foco da câmera por um momento e cheira alguma coisa. A ação bastou para os internautas começarem a especular que o atleta teria feito uso de cocaína

O vídeo do momento começou a circular por grupos de WhatsApp e no YouTube. Alguns comentários como “ex-Jogador Jardel cheirando pó em live”, “esse aí se perdeu, infelizmente” e “ridículo” tomaram conta dos comentários na plataforma.

Contudo, algumas pessoas se solidarizaram com Mário, e defenderam ele. “O nosso maior erro é de sempre querer julga o próximo, pode ser que essa ação dele nem seja o que estão pensando”, disse um rapaz. “O cara só precisa de ajuda”, escreveu outro.

É importante pontuar que o ex-futebolista, ídolo em Portugal, jogando pelo Porto e pelo Sporting, teve problemas no fim de seu período como jogador, quando sofreu com depressão e também lutou contra o vício em cocaína.

A gravação da entrevista com Mário Jardel não ficou salva no perfil da rede social onde foi feita.

Até o momento da publicação desta matéria, a equipe do atleta não havia se pronunciado.

Assista ao trecho da entrevista no qual Mário, supostamente, faz uso do entorpecente:

 

As informaçoes são do Varela Notícias 

LEIA MAIS;

Acidentes envolvendo carro e moto marcam a madrugada de sábado (13), em Salvador

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.