Notícias

Como consultar saldo do PIS / Pasep com valor reajustado

A atualização monetária será realizada apenas nas contas de trabalhadores que ainda não sacaram o benefício.

A partir desta segunda-feira (16/7), os beneficiários dos fundos PIS/Pasep que não sacaram os recursos já podem consultar o saldo, que terá correção de 8,9741%. O prazo para os saques das cotas terá início no dia 8 de agosto. A atualização monetária será realizada apenas nas contas de trabalhadores que ainda não sacaram o benefício.

 

Nesta segunda fase, que encerrará no dia 28 de setembro, todos os trabalhadores com carteira assinada na iniciativa privada ou no serviço público civil ou militar, que trabalharam entre 1971 e 1988, poderão resgatar o dinheiro até a data limite. No caso de morte do cotista, os herdeiros também têm direito ao dinheiro.

Consulta

No caso das contas do PIS, vinculadas aos trabalhadores do setor privado, o beneficiário pode consultar o saldo pelo site da Caixa Econômica Federal (CEF). Já no caso das contas do Pasep, vinculadas aos servidores públicos, é possível conferir pelo Banco do Brasil.

 

Os correntistas da Caixa e do BB, que tiverem direito, terão os créditos disponibilizados; diretamente em suas contas já no dia 8 de agosto. A partir do dia 14 de agosto, até o dia 28 de setembro, as agências atenderão os cidadãos; isso incluindo todas as idades que tiverem direito.

 

Após o prazo, volta a valer a regra de liberação somente para aposentados, pessoas com idade a partir de 60 anos, casos de invalidez, morte do cotista e doenças graves. Na primeira etapa, participantes com idade a partir de 57 anos puderam realizar os saques; no período de 18 a 29 de junho.

 

Fonte: N1

Etiquetas

Artigos relacionados

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.