Politica

Colégio Municipal do Engenho Velho da Federação terá nome de Makota Valdina

O projeto de lei é do Vereador Luiz Carlos Suíca (PT)

O vereador Luíz Carlos Suíca (PT), deu entrada em um projeto de lei, na tarde desta quarta-feira (27), que visa dar nome de Professora Makota Valdina a Escola Municipal do Vale do Engenho Velho da Federação, localizada na Rua Neide Gama, Baixa do Engenho Velho da Federação.

“Homenagem a uma grande educadora, que contribuiu com propostas educacionais e que defendia a diversidade cultural da cidade. Sempre ligada aos jovens e a educação, Makota sempre teve como missão disseminar conhecimento. Desde 1960, Valdina esteve atuando com ações sociais, indo de contra a intolerância religiosa e lutando por respeito. Me faltam palavras para descrever a importância de eternizar esse símbolo de força e resistência na cidade de Salvador”, declarou em suas redes sociais.

Ativista pela igualdade de direitos, e referência na preservação e valorização do patrimônio cultural afro-brasileiro, em vida, Makota via com bons olhos os novos tempos e apontava alguns avanços no combate ao racismo. “O fato da sociedade parar pra discutir e admitir que existe racismo já é um avanço. Poder discutir isso com as instâncias governamentais, e ainda ter uma lei que obriga o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana nas escolas, também é avanço. Mas ainda temos muito chão a percorrer”, afirmou em entrevista.

O projeto ainda será tramitado pela Câmara Municipal dos Vereadores de Salvador.

As informações são do PernambuésÁgora

LEIA MAIS;

PREVIDÊNCIA: governo não vai alterar proposta de reforma, afirma secretário

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.